Contato
Minha lista

Informações Importantes

Tipo de museu
Tipo de galeria de arte
Estilo arquitetônico
Onde? Hradčany

A imagem desta estreita ruazinha, que se encontra nas dependências do Castelo de Praga, e das suas casinhas coloridas que parecem casas de bonecas é conhecida praticamente por todo o mundo. Conta-se que o seu nome vem do tempo de Rodolfo II, quando ali viviam alquimistas que tentavam descobrir o mistério da produção de ouro. No entanto, a verdade é um pouco mais prosaica (como na maioria das vezes). Originalmente, as pequenas casinhas foram utilizadas primeiro como local de moradia de serviçais pobres do castelo, ocupadas depois por arqueiros e, por fim, por ourives que se mudaram ao castelo para fugir das taxas das guildas, fortemente impostas nas cidades tchecas. A ruazinha recebeu o nome exatamente por causa deste último grupo. A vida nesta ruazinha durante os séculos é também contada pelos móveis de cada casinha, que você poderá visitar com um dos nossos guias durante visitas guiadas privadas ao castelo. Verá, por exemplo, uma antiga taverna, uma autêntica oficina de ourives com uma pequena gaiola para pássaros, a casinha do arqueiro vermelho, a casa do herborista ou então a moradia da famosa cartomante Matylda Průsová.
A Rua do Ouro foi construída numa faixa de respiro entre duas muralhas da parte norte das fortificações do castelo. As casinhas começaram a surgir aqui a partir da segunda metade do século XVI. Eram construções realmente muito pequenas que serviam como moradia temporária e que foram inseridas nos suportes em forma de arco da muralha sem ultrapassar a sua largura. Ao longo dos séculos, as casinhas foram se expandindo em direção à rua e, assim, em alguns lugares, o espaço para a passagem pela rua chegava a medir menos do que um metro. Durante as reformas sanitárias do século XIX, os anexos destas casas foram demolidos e rua voltou às suas dimensões originais. No século XX, a casinha número 12 era frequentada por escritores e poetas como, por exemplo, František Halas, vencedor do prêmio Nobel de literatura, Jaroslav Seifert e Vítězslav Nezval. Por sua vez, a casinha número 22 foi o local onde Franz Kafka viveu e escreveu durante alguns meses. Pessoas moravam normalmente nestas casinhas até o final da segunda guerra mundial. A ruazinha é acessível apenas por meio de ingresso.

Nossa dica

As fachadas das casinhas foram pintadas apenas durante as reformas da metade do século XX. A ideia de dar vida à ruazinha pitoresca com a utilização de cores claras é debitada ao produtor de filmes tcheco Jiří Trnka.

Jan

Contato

Zlatá ulička Praha 1 – Hradčany 119 08

Opinião dos viajantes

Você encontrará nas proximidades

O que fazer
O que visitar
Onde comer e beber
Comprar