Contato
Minha lista

Informações Importantes

Tipo de museu
Tipo de galeria de arte
Estilo arquitetônico
Onde? Cidade Velha

A Praça da República (náměstí Republiky) nasceu no século XIV ao longo das fortificações que separavam a Cidade Velha da Cidade Nova. Desde o princípio, tratava-se mais de um movimentado cruzamento de onde partem em todas as direções grandes eixos medievais do que de uma praça propriamente dita.

O principal monumento que domina a Praça da República é a Torre da Pólvora, em estilo gótico, que simbólica e monumentalmente representa a porta de entrada à Cidade Velha. Esta porta ficava perto da antiga Corte Real, a residência gótica do rei da Boêmia que foi à sua época um importante contrapeso ao Castelo de Praga. Entre os edifícios mais antigos, é preciso mencionar ainda a igreja barroca de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, edificada em frente da porta da cidade em meados do século XVII e dotada de uma notável fachada neoclássica, após 1800, em decorrência dos trabalhos de renovação para abrigar uma alfândega. Abriga atualmente o teatro musical Hybernia.

Na virada do século XX a praça passa pela sua maior transformação. O complexo da Corte Real é então demolido para abrir espaço para o suntuoso edifício em art nouveau da Casa Municipal, edificada entre os anos de 1902 e 1913 de acordo com o projeto de Antonín Balšánek e Osvald Polívka. Contrariamente à tradição, a entrada do edifício situa-se em um canto: ela evoca, aliás, um pouco, pela sua forma, a entrada grandiosa do Grand Palais, em Paris. O edifício reflete as concepções que reinavam na época quanto a palácios modernos não apenas pela sua aparência exterior, mas também pelas suas salas de concertos, salas de exposição, café, restaurante francês ou ainda o bar americano, que constituem um dos interiores em art nouveau mais bem conservados da Europa.

O nome da Casa Municipal está ligado à criação da República Tchecoslovaca em 1918. Os arquitetos imaginavam que a Praça da República se tornaria o centro simbólico do novo Estado democrático. E o principal edifício desta praça devia ser uma nova ópera construída no local das casernas de José II (hoje convertidas no centro comercial Palladium) e da vizinha igreja barroca de São José. Mas este grande projeto foi finalmente abandonado, e o período do entreguerras é representado apenas pelo edifício monumental do Česká národní banka (Banco nacional tcheco), cuja elegante arquitetura conjuga as tendências de vanguarda com um estilo clássico atemporal.

A Praça da República teve um papel-chave nos projetos de transformação militar de Praga sob a ocupação nazista. É precisamente nela que devia partir uma gigantesca avenida destinada às paradas militares que ligava a praça ao bairro situado sob a colina de Vítkov. Esses projetos do regime nazista foram rapidamente seguidos pelo regime comunista, que também tinha a intenção de fazer da Praça da República o ponto de partida de um grande eixo da Praga socialista. Mas nenhum destes projetos megalomaníacos foi levado a cabo, e a praça pôde, felizmente, permanecer uma notável testemunha da história antiga, dos sonhos encantadores da capital fin-de-siècle e da vida urbana contemporânea.

Contato

Náměstí Republiky náměstí Republiky Praha 1 – Nové Město 110 00

Opinião dos viajantes

Você encontrará nas proximidades

O que fazer
O que visitar
Onde comer e beber
Comprar