Contato
Minha lista

Informações Importantes

Tipo de museu
Tipo de galeria de arte
Estilo arquitetônico Barroco
Onde? Cidade Velha

Vertigem gótica em arranjo barroco...

A Igreja de São Jacó, diferentemente da maioria das outras construções barrocas em Praga, se distingue por sua simplicidade. A fachada brutal com janelas simples e uma torre íngreme e imponente já de longe simbolizam a distância da efemeridade do mundo e de suas preocupações comuns. Caso, porém, o visitante adentre a Igreja, abrir-se-á a ele um mundo completamente diferente e inesperado: um espaço surpreendentemente grande regado de cores e de luzes fracas, que evocam a atmosfera mística das igrejas no sul da Itália.

A Igreja minoritária de São Jacó foi fundada nos estertores do século XIII. Primeiramente foi construída uma Casa Paroquial (presbitério), que em sua altura de 30 metros pertencia a um da das construções mais audaciosas do gótico inicial em Praga. O presbitério é vinculado por um teto de tripla abóbora construído ao longo do século XIV. Durante as guerras hussitas esta igreja consegui passar ilesa da destruição e até os estertores do século XVII conservou-se em sua aparência gótica. Tudo mudou no ano de 1689, quando foi deflagrado em Praga o chamado “incêndio francês”, plantado intencionalmente por incendiários contratados por Luís XIV e que de todas as construções de Praga foi mais destrutivo justamente para a Igreja de São Jacó o Grande. Durante o incêndio desabou o escudo principal, bem como as altas abóbodas e boa parte da rica montagem ou decoração interior da igreja. A restauração começou já no ano de 1702. A aparência atual da igreja vem na verdade desta época, ainda que em sua altura e em seu comprimento incomum a atual Basílica de São Jacó, o Grande permanece no princípio artístico que evoca o santuário gótico original.

A decoração artística se tornou ponto forte da igreja reconstruída. Acima dos portais da igreja estão relevos excepcionais em plástico; no vórtice das núvens e das asas de anjos pairam santos, cujos olhares naturalmente atraem os visitantes para dentro da igreja. No iterior há uma série de altares dignos de nota, ainda que o elemento mais importante sem dúvidas seja o túmulo de Vratislav de Mitrovice com a finíssima decoração em estátua de Ferdinand Maximilián Brokoff. De alguma forma, a lembrança mórbida do mundo gótico é uma mão humana seca pendurada na porta da igreja. Diz a lenda que a mão pertencia a um ladrão que tentou roubar a estátuas da Virgem Maria; ela porém o agarrou agilmente e ele foi entregue ao verdugo.

Nossa dica

Caso estejas passando por perto da igreja no momento em que estiver ecoando música de órgão, adentre! Com grandes chances se tratará de um simples ensaio das composições de órgão, e por conta da maravilhosa acústica e do excepcional ambiente barroco levarás consigo uma experiência inexplicável.

Karolína

Contato

Bazilika svatého Jakuba Většího Malá Štupartská 635/6 Praha 1 – Staré Město 110 00

Opinião dos viajantes

Você encontrará nas proximidades

O que fazer
O que visitar
Onde comer e beber
Comprar