Contato
Minha lista

Para preços e disponibilidade para este show, entre em contato conosco pelo info@avantgarde-prague.cz

Informações Importantes

Duração
Quando à noite
Onde? Teatro Nacional

Descrição

O caminho do compositor Janáček para o reconhecimento não foi fácil. Sua Enteada, criada com base no drama original de Gabriela Preissová, a partir de sua estreia história em um pequeno teatro na cidade de Brno, teve de esperar doze anos antes de alcançar o palco do Teatro Nacional. Mesmo assim hoje pertence a uma das óperas tchecas mais encenadas no mundo e representa o melhor da época do realismo artístico, o que é confirmado na atua encenação do diretor Jiří Nekvasil.

A jovem Jenůfa tem olhos apenas para o vaidoso Števa, mas o irmão dele Laca tem ciúme, que esconde por trás de seus gestos grosseiros. Quando Laca de maneira infeliz fere Jenůfa no rosto, Števa se afasta dela e sob os cuidados de sua mãe adotiva Kostelnička ela dá à luz ao filho de Števa. Como Laca – que aliás revela a Kostelnička seu amor por Jenůfa – não consegue superar o filho de Števa, ele convence Kostelnička a mentir e a dizer que a criança morreu logo depois do nascimento. Ela leva então a criança para fora da casa onde está frio e quando Jenůfa depois de um longo sono procura ansiosamente seu filho, Kostelnička a convence de que ela desfaleceu e que nesse meio tempo a criança morreu. Pouco depois deve se suceder o casamento de Jenůfa com Laca, ao passo que Kostelnička está começando a ser perseguida por seu delito…

A ópera é sugestivamente situada no contexto do interior da Morávia, o que é confirmado por roupas folclóricas, danças tradicionais e principalmente pela língua cotidiana local captada por Janáček de forma muito especial. Ainda que a atmosfera do primeiro ato seja idílica e de uma festa alegre, mais ou menos na metade do ato vem uma mudança abrupta e a música sobe para o mais alto grau de tensão; a gradação é coroada então pela voz da soprano Eliška Weissová no papel de Kostelnička. A trágica aflição do terceiro ato, acima de tudo, intercala momentos catárticos de reconhecimento seguido de alívio. Por isso o expectador pode sair com a sensação de exaustão, mas com a consciência de que todos os destinos humanos são imprevisíveis.

A ópera é apresentada na língua original, em tcheco, com legendas em alemão e em inglês. O acompanhamento musical é executado pela Orquestra do Teatro Nacional sob direção de Jaroslav Kyzlink.

Ponto de encontro

Teatro Nacional Národní 223/2 Praha 1 – Nové Město 110 00

Opinião dos viajantes